Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

e agora?

...agora preocupamo-nos com o essencial: os alunos. Em nada mais estará assente a nossa determinação. Essa permanece a nossa essencial preocupação. Temos conteúdos programáticos para trabalhar. Daqui não nos demovem, por mais perturbações que irresponsavelmente nos queiram cometer. Era o que faltava...

Mas que não haja dúvidas: que ninguém subestime, por um segundo que seja, a nossa determinação em expulsar esta CAP de Santo Onofre. Não sabemos quem são; diz-nos o jornal Público que são sindicalistas da FNE (SPZC). Registamos, mas é o mesmo. Nunca ouvimos falar deles e nada disso nos interessa. Sairão daqui. Todos. Um a um. E que ninguém o duvide: sairão em desonra. Em vergonha. Em infâmia. Ninguém os esquecerá. Ficarão para a História. Não esperem, evidentemente, uma comunidade disposta a tolerar a mais pequena afronta. Todos faremos o que estiver ao nosso alcance para proteger a nossa dignidade deste ultraje. Este travesti ilegal e eticamente repugnante em que incorreram simplesmente resultará improcedente. Não conseguirão. Nem sei se perceberam exactamente em que cavalo apostaram. A ambição tem limites. Tem mesmo. Quem tudo quer, tudo perde. Perderão muito mais do que um cargo e os ambicionados suplementos remuneratórios. Não pensem no que irão perder. Já perderam. Perderam o amor-próprio e a dignidade.

Há poucos momentos assim na vida. Quando chegam, uns percebem a sua exacta dimensão e ficam do lado certo da História, outros ficam do outro lado. É essa a irremediável sentença do Tempo. Nunca esta escola se pautou por coagir quem quer que fosse ao que quer que fosse. É essa a nossa cultura: liberdade responsável, profissionalismo e generosidade. Agora, como dizia alguém solidário connosco, "quanto mais um homem se agacha, mais se lhe vê o rabo".

Vejamos a quem o ditame se aplica.
publicado por Rui Correia às 15:41
link deste artigo | comentar | favorito
1 comentário:
De Isabel a 6 de Abril de 2009 às 17:31
Alunos! Só e só os alunos.
O final do ano lectivo vai chegar antes da decisão do tribunal. Vamos mesmo ter de aguentar a espera. Mas temos a razão do nosso lado, todos sabemos, e isso dá-nos a força necessária para nunca desistirmos. Estou longe mas estou aí,como sabes.
PS: Já te mandei um mail e o menino ainda não viu!

Comentar post

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d