Sábado, 16 de Maio de 2009

dívidas

Os números das eleições indianas são esmagadores. O dia esteve quente (40º C) e são montanhosos os obstáculos logísticos, políticos e securitários a gerir num sufrágio nacional deste calibre. A informática suplantou as maiores dificuldades e poucas horas depois do fim das urnas já se conhecia os resultados. Impressionante.

Bem sei que a vitória do partido no poder é tão inesperada quanto retumbante, mas não posso deixar de falar da conduta da oposição derrotada que foi duma elevação democrática tão exemplar que muito teria a ensinar às "avançadas" democracias ocidentais. Com o caos a Norte (Paquistão) e o caos a Sul (Sri Lanka), muito em resultado de um passado colonial mal resolvido, esta deslumbrante civilização precisava de uma estabilidade - secular - que este resultado assegura.

__________

Por falar em metrópole, não posso, por efeito de simpatia, deixar de pensar no que darão as eleições no Reino Unido. Desprezando os conservadores e estarrecida com a corrupção do Labour Party, como reagirá a opinião pública inglesa? sobretudo num momento em que a dívida do sector público é esta:

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] /</center>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Os números das eleições indianas são esmagadores. O dia esteve quente (40º C) e são montanhosos os obstáculos logísticos, políticos e securitários a gerir num sufrágio nacional deste calibre. A informática suplantou as maiores dificuldades e poucas horas depois do fim das urnas já se conhecia os resultados. Impressionante.

Bem sei que a vitória do partido no poder é tão inesperada quanto retumbante, mas não posso deixar de falar da conduta da oposição derrotada que foi duma elevação democrática tão exemplar que muito teria a ensinar às "avançadas" democracias ocidentais. Com o caos a Norte (Paquistão) e o caos a Sul (Sri Lanka), muito em resultado de um passado colonial mal resolvido, esta deslumbrante civilização precisava de uma estabilidade - secular - que este resultado assegura.

__________

Por falar em metrópole, não posso, por efeito de simpatia, deixar de pensar no que darão as eleições no Reino Unido. Desprezando os conservadores e estarrecida com a corrupção do Labour Party, como reagirá a opinião pública inglesa? sobretudo num momento em que a dívida do sector público é esta:

<center><img alt="dividaUK.jpg" src="http://postal.blogs.sapo.pt/arquivo/dividaUK.jpg" width="320" height="198" border="0" /</center>

(extraído <a href="http://www.marketoracle.co.uk/Article7448.html">daqui</a>.)
publicado por Rui Correia às 20:58
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d