Sexta-feira, 15 de Julho de 2011

Indispensável

Agnóstico irrecuperável, saberão o que penso disto e destes senhores.

 

 

 

publicado por Rui Correia às 18:41
link deste artigo | comentar | favorito
6 comentários:
De Redes a 18 de Julho de 2011 às 22:58
Magnífico!
Sou leitor de dois deles: Dnnett e Dawkins.
Já li três do Dennet. Actualmente leio "counsciousness explained"
Suponho que um outro é Sam Harris, mas pouco sei dele.
Quem é o quarto (o do lado esquerdo).
De Redes a 18 de Julho de 2011 às 23:37
Quem é o quarto (o do lado esquerdo)? Christopher Hitchens! Homem da crítica literária!
De Rui a 19 de Julho de 2011 às 00:13
"Deus não é grande" está à venda na feira da bertrand no vivaci. Superior.
De Redes a 20 de Julho de 2011 às 14:18
Obrigado.
Entretanto, lembrei-me de já o ter folheado, mas não dei atenção ao autor. Na altura, vi-o apenas como mais um elemento na polémica que tinha como protagonista o Dawkins, em que apareceram em catadupa obras de teístas e criacionistas.
De Redes a 20 de Julho de 2011 às 14:29
Dennett disse uma vez que a religião tinha a propriedade de fazer com que pessoas boas façam coisas más. Acho que não é só a religião. Ideologias políticas como o marxismo-leninismo, o nacionalismo e o anarquismo também o fazem, curiosamente, sem necessitarem de uma crença na ressurreição.
São muitas as questões aqui colocadas que têm pano para muitas mangas, isto é, para debates infindáveis.
Por exemplo, devem os ateus serem apóstolos do ateísmo. Quando vejo pessoas em dolorosas peregrinações a Fátima, eu penso que sim, que é preciso libertar aquelas mentes da escravidão da crendice religiosa.
Era assim que Voltaire pensava: Écrasez l'infame - dizia ele, referindo-se à igreja.
De Redes a 20 de Julho de 2011 às 14:31
[...] devem os ateus ser [...] - desculpem.

Comentar post

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d