Quinta-feira, 30 de Junho de 2011

Falstaff

 

Depois de terem transformado a bonita história de uma escola num folhetim de cordel, pela mão de Falstaffs para todos os gostos e géneros

 

é

 

Comovente, saber que uma escola se reencontra na possibilidade de emergir das cinzas.

Perturbador, saber que foi esta mesma escola quem votou, com confortável maioria, num Conselho Geral Transitório que lançaria as bases da solução que trouxe a escola ao local onde se encontra e que hoje, final e boçalmente, se desmorona.

Inesquecível, que o advento de um director na EBI só tenha sido possível por causa da perfídia e falta de honradez de uns poucos tartufos e tartufas que, ou muito me engano, ou mesmo depois de tanta demonstração diária de incompetência, irão sacudir os ombros e achar que têm corpulência bastante para o cargo.

 

Vejamos o que os dias seguintes nos trazem. Este, o de hoje, traz-nos o júbilo sereno e legítimo de ver demissionário alguém que - sejamos contidos e meridianos - nunca se devia ter sujeitado a passar o que passou.

 

Aprendamos algo com tudo isto. É tempo de juntar os cacos e seguir em frente.

publicado por Rui Correia às 03:05
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d