Domingo, 27 de Março de 2011

Teflon rasgado

A chanceler de teflon sofreu uma valente tareia nas eleições regionais. Angela Merckl sofre muito em virtude de uma política tipicamente de direita, apostando no nuclear, meia dúzia de semanas antes do desastre em Fukushima. Uma excelente ilustração dos benefícios da globalização, ao menos a mediática, que permite alterar num lugar as políticas que estão a ser postas em teste no outro lado do mundo. Os verdes adquirem um quarto dos votos, demonstrando que a crise ideológica é indisfarçável e está aí, mas é a direita que revela as maiores fragilidades em encontrar um caminho que seja razoavelmente aceitável.
publicado por Rui Correia às 20:13
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d