Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

selecção

 

Percebem agora, finalmente percebem, por que razão bem cedo fomos todos – na altura éramos todos – contra o novo modelo de gestão das escolas públicas portuguesas? Hoje constituem-se listas para que um Conselho Geral tenha uma voz uníssona de forma a garantir que este ou aquele vão ou ficam no poleiro; de forma a garantir que as vozes discordantes se silenciam. Há poucos anos, elegíamos simplesmente aqueles que achávamos melhores. Era a selecção natural. Hoje tudo gira à volta de ameaças, insinuações e medos sortidos.

 

Neste cretino sistema colegial, tudo é embuste e faz-de-conta. Nunca esquecer que o "Faz-de-conta" é, afinal, o único desporto nacional que o futebol nunca destronará, nem que a selecção jogue para sempre como hoje, vencendo por quatro a zero os campeões do mundo. Nunca.

publicado por Rui Correia às 00:41
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d