Sábado, 9 de Janeiro de 2010

dislates

É realmente espantoso que se contemple no acordo entre o ME e os sindicatos uma norma que permite que se promova, com pontuação adequada, professores que desempenham cargos de nomeação pelo director da escola.

 

Vejamos se isto faz algum sentido: uma professora é nomeada por uma directora de escola para ser coordenadora de departamento ou outra coisa qualquer. Por causa do cargo que ocupa, receberá pontuação que a promove na sua progressão de carreira. Sobre a sua qualidade como professora, nada. Sabe-se apenas que se trata de uma professora que se revelou "compatível" com os interesses do Sr director. É esse o seu... mérito. Por esse seu... mérito, passará à frente dos colegas e terá pontuação que lhe permite dispensar vagas de contingentação para passar deste para aquele escalão remuneratório. Por um ponto apenas muito se decidirá, ninguém o duvide.

 

Ou seja, doravante, progride-se por nomeação; um desmazelo impossível numa gestão democrática.

publicado por Rui Correia às 01:16
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d