Segunda-feira, 19 de Abril de 2004

cinema de cordel

Muito conseguido o anúncio da Lusomundo e do novo canal "Action", protagonizado pelo Maestro António Vitorino de Almeida. Muito brevemente, ele enuncia as tradicionais condenações que são feitas pelos críticos aos filmes de acção: "Aquilo é só tiros e explosões, os actores não sabem representar, não têm enredo nenhum, etc., etc." e depois conclui com um "Mas apenas a 5 euros por mês...". A reversibilidade do argumento é divertidíssima.
O anúncio vive de ambiguidade e brinca com o preconceito. Crítica aos críticos, claro está, mas mais do que isso. Por um lado, escolhe-se alguém que, credivelmente apontaria aqueles mesmos argumentos com toda a propriedade. Depois dá-se a entender que argumentos daqueles só provêm de quem dá demasiada importância a estes filmes que, mesmo que o pretendam ser, nada mais são que cinematografia de cordel. No fim do clip fica-se com a sensação de que 5 euros ao mês são o que estes filmes merecem que se pague por vê-los. Mas a ninharia não é, por isso mesmo, os 5 euros, nem são os filmes. Serão os críticos? No meu ver, é o anúncio televisivo mais candidato a um prémio publicitário. Palmas para o maestro que, como é seu apanágio, se diverte a divertir-se consigo mesmo.
publicado por Rui Correia às 22:11
link deste artigo | comentar | favorito
1 comentário:
De Paulo a 20 de Abril de 2004 às 23:19
Críticos para a guerra e já.

Comentar post

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d