Quarta-feira, 5 de Maio de 2004

aliança

alianca.jpg


Adoro alianças de casamento. Adoro o próprio nome "aliança de casamento". A ideia de um casamento ser uma aliança sempre me foi suficiente para perceber a importância de casar com alguém. Adoro a ideia de, com um anel, provar uma aliança. Adoro a ideia meninil de uma aliança anunciar ventura ou fidelidade. Adoro o segredo de haver coisas escritas por dentro das alianças de casamento. Segredos em contacto com a pele são necessariamente segredos excelentes; tatuagens de ouro, com a marca de lei, de não importa quantos quilates. Adoro a metáfora pueril da sua incorruptibilidade. Adoro a ideia de ser delito tirar a aliança, como um furto. Adoro a dificuldade de despir o dedo de uma aliança, por causa de um nó, como um botão apertado no punho de uma camisa. Adoro todos os rumores que os homens inventam por causa do que uma aliança pode fazer num dedo. Adoro o brilho novo dos anéis recém casados. Adoro uma aliança com muitos anos. Adoro todos os anéis que comprovam bodas de prata, de ouro ou diamante.

Mas o que gosto mais nas alianças de casamento é a marca do sol. Ali, logo na nascente do anelar esquerdo, na sombra do anel, o sol não bronzeia. Com os anos, a aliança desenha uma vereda de pele clara, debaixo de uma ponte dourada. Por estar ali há muito tempo, o anel venda a pele e o seu brancor original. E isso lembra-me o tempo que é preciso para formar uma aliança. E por isso é que o tempo é preciso. Por isso é que o tempo é precioso. Quase tão preciso e precioso como o amor. Quase tão preciso e precioso como a verdade.

A verdade acerca do amor é a verdade
E esta é a mais pura das verdades
publicado por Rui Correia às 23:24
link deste artigo | comentar | favorito
5 comentários:
De aliana de casamento a 5 de Fevereiro de 2009 às 19:36
A aliança de casamento é algo que marca também para sempre a união de duas pessoas no seu casamento, simboliza a vontade que o noivo e noiva sentem de permanecerem juntos no percurso de vida. Existem aliança de casamento em ouro prata diamantes, etc.
De frangipani a 6 de Maio de 2004 às 00:52
Palavras tão bonitas a propósito de uma aliança.
Aliança que é um um anel.
Anel que se quer.
Quer quem quer e quem não quer.
Quer quem está disponível e quem não está.
Está quem ao sol está e quem da sombra faz vida, e
E tudo por um anel
De Tiago a 6 de Maio de 2004 às 00:26
Bem, aliança de casamento não sei. Acho que não gosto. Não sei. Dá a impressão que significa "não disponível". Mas claro que além de serem bonitas, simbolizam um compromisso entre duas pessoas. Não sei :/ . Talvez até goste de alianças lol. :) .
De rui a 6 de Maio de 2004 às 00:09
Sim. O brilho exclama o dentro que nele se exibe. Nada há de pergunta na aliança. A luz que ali não chega é luz que incandesce; é calor de bronzear. Nada que seja, afinal. Que o que mais é, é o que mais fica; não o que muda de tez com o mudar das estações. O que mais luz é a geologia profunda desse fogo; e essa não queima, só acende. A tal luz, o tal brilho que vem de dentro. O anel é o curador desse luzeiro. Não escamoteia escuridões. Habita-as com a luz da verdade, e não com a luz do sol.
E, como se sabe, com o tempo, o preciso e precioso tempo, a verdade vem ao de cima. Clara. Branca como a verdade.
De Lus Filipe Redes a 5 de Maio de 2004 às 23:54
Não. A aliança é o que ela diz, a marca de um contrato entre duas partes, que, apenas aparentemente, as prende para sempre. O sol chegará a todo o lado da mão, menos a esse, onde os mais escuros segredos se escondem. Todos a olham com suspeita. O que se esconderá por debaixo daquele brilho ofuscante que, contudo, impede a verdadeira luz solar de aí chegar? É tal como o brilhante anel de Sauron, o senhor dos anéis, que levou a Terra Média à escuridão. Pois o brilho do anel não provém do Sol mas do interior da terra, do ouro arrancado à rocha negra e fundido pelo fogo das profundezas. O brilho do anel apenas escamoteia a sua escuridão. O anel serve apenas para pôr brilho onde ele não existe. O anel é um ponto de interrogação e não uma exclamação.

Comentar post

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d