Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2006

Cáceres Monteiro

caceressputnik.jpg


Dia 4 Outubro de 1957. A União Soviética consegue colocar em órbita um satélite artificial do tamanho de uma bola de basquetebol. Começara a corrida espacial entre americanos e russos. As leituras de telemetria permitiam escutar a passagem nos céus deste pequeno artefacto humano, que nada mais fazia senão emitir um garboso sinal audio. Ainda que o seu voo tenha durado pouco mais de hora e meia, o Sputnik deu a volta ao mundo. Uma revolução, como dizem os astrónomos e os políticos; ou seja, duas revoluções.

Assim são as vidas. Pouco mais de três meias horas que podem mudar outras e dar a volta ao nosso mundo e fazer dele uma espécie de Hotel Babilónia; acolhedor e múltiplo como todos havemos, um dia, de saber aceitar que é.

Obrigado, Carlos Cáceres Monteiro.
publicado por Rui Correia às 03:51
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d