Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

unamundo

unamuno02.JPG

Escrevia sempre voltado para um espelho ou para uma pintura de si, feita por um dos seus muitos retratistas. Foi um grande amigo de Portugal que conheceu bem e do qual dizia ser “hermosamente triste y tristemente hermoso”. Da literatura portuguesa tinha a mais apaixonada das impressões. Tinha sempre bem visível, entre os poucos objectos que povoavam o seu quarto, encaixado entre os seus seis mil livros, um conjunto de retratos pintados a tinta preta por si, de Oliveira Martins, Antero de Quental, Ramalho Ortigão, Alexandre Herculano, Camilo Castelo Branco e Guerra Junqueiro. Panteão, pois. Concordava com Cervantes que o Português é uma espécie de "Castellano sin ossos". Mandou fazer um suporte de livros e papel para que pudesse fazer na cama uma coisa que gostava muito, ler e escrever ao mesmo tempo. Nunca lia um autor em traduções. Falava catorze línguas e achava que português, espanhol e francês é tudo a mesma língua. Biscaínha e carrancuda, Bilbao teima em não o homenagear – senão com uma mísera placa no edifício onde nasceu - porque nunca escreveu em língua basca e por se afirmar "sobretodo español".

Ler dois livros seus “A tia Tula” e “Por Tierras de Portugal y de España” esconjura as inúmeras e indispensáveis contradições que este intelecto absolutamente genial fez pender sobre a sua própria existência. Amado e odiado pelos compatriotas, à vez, destituído por Primo de Rivera do seu cargo de Reitor vitalício, crítico implacável da República nos seus momentos de obsolescência moral, pré-fascista, cristão acabrunhado por um indomesticável racionalismo (o "Eclesiastes" é uma obra maior do racionalismo, comentou um dia no seu "Diário Íntimo"). Que impressão fortíssima, intranquila e inspiradora a que nos fica quando, de novo, (no meu caso, vinte anos depois), pegamos nos textos ou nos dias que habitaram o universo de Don Miguel de Unamuno.
publicado por Rui Correia às 07:32
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d