Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

impressora

Imprimir objectos em três dimensões é coisa já antiga. Há já muitos anos, no Cencal, das Caldas da Rainha, um centro de formação profissional para o sector da cerâmica, um amigo ofereceu-me um prato materializado à minha frente algum tempo depois de um rendering 3D. "Olha, mamã, sem mãos, mamã, sem mãos". Mas a "impressora" era gigantesca e exigia cuidados e competências muito profissionais.

Agora, a ideia é que podemos ter uma impressora 3D em casa. O conceito é fascinante e sugere-nos tanta coisa que nem sei por onde começar. Produzir numa impressora silenciosa aquela peça que nos faz falta para o nosso bricolage, arte, escultura, design, educação, protótipos, maquetes, ergonomia, acessibilidades, invenções, tanta, tanta coisa. De novo, a mesma conclusão: vão-se danar com o cepticismo; época fantástica aquela que vivemos.



Vale muito a pena visitar o website da empresa.
publicado por Rui Correia às 15:07
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d