Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

nobreza

Tenho andado há já algum tempo para dizer isto.

Que bom exemplo de eficiência e objectividade a resposta dos serviços públicos ao que aconteceu no acidente trágico da A23. A resolução e determinação da administração e pessoal do Hospital Distrital da Covilhã foi do melhor que alguma vez vi. Ainda nenhum ferido chegara ao hospital já todo o pessoal hospitalar - todo - estava à espera e preparado. Profissionalismo e humanismo sem concessões. Mesmo os jornais resistiram à morbidez. Uma cobertura educada. Soubemos o que tínhamos de saber, sem os habituais excessos. A emergência funcionou minuciosamente, o tratamento dos veículos foi diligente e o acompanhamento humano foi exemplar. Mesmo a conduta evidentemente reservada da professora que esteve envolvida no acidente foi respeitada pelos media.

A reacção das autoridades à explosão em Setúbal foi igualmente de competência inexcedível. A imediata solicitude de protecção civil e governo civil, bombeiros e LNEC foram extraordinários. Tudo serviço público. Tudo absolutamente profissional. Remover escombros psicológicos, de vidro ou betão, tudo foi devida e convenientemente orientado. Uma hora depois da explosão havia 160 quartos reservados para todos os inquilinos.

Há quem saiba muito bem o que anda a fazer.

Parabéns a todos esses funcionários públicos.
publicado por Rui Correia às 15:27
link deste artigo | comentar | favorito

pesquisa

 

arquivo

nós

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31

t&d
t&d